Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Para sorrir :))

Quinta-feira, 26.08.04
bebegarg.jpg

Eu levo ou deixo?

"Rui Barbosa, ao chegar em casa, ouviu um barulho estranho vindo do seu quintal. Chegando lá, constatou haver um ladrão tentando levar seus patos de criação. Aproximou-se vagarosamente do indivíduo, surpreendendo-o ao tentar pular o muro com seus amados patos. Batendo nas costas do invasor, disse-lhe:
- Bicéfalo, não é pelo valor intrínseco dos bípedes palmípedes e sim pelo
ato vil e sorrateiro de galgares os profanos de minha residência. Se fazes isso por necessidade, transijo; mas se é para zombares de minha alta prosopopéia de cidadão digno e honrado, dar-te-ei com minha bengal fosfórica no alto de tua sinagoga que te reduzirá a qüinquagésima potência que o vulgo denomina nada.
E o ladrão confuso, disse:
- Moço, eu levo ou deixo os patos?"

Autoria e outros dados (tags, etc)

Amar é ser feliz.

Quinta-feira, 26.08.04
"Quanto mais envelhecia, quanto mais insípidas me pareciam as pequenas satisfações que a vida me dava, tanto mais claramente compreendia onde eu deveria procurar a fonte das alegrias da vida.
Aprendi que ser amado não é nada, enquanto amar é tudo.
O dinheiro não era nada, o poder não era nada.
Vi tanta gente que tinha dinheiro e poder, e mesmo assim era infeliz.
A beleza não era nada.
Vi homens e mulheres belos, infelizes, apesar de sua beleza.
Também a saúde não contava tanto assim .Cada um tem a saúde que sente.
Havia doentes cheios de vontade de viver e havia sadios que definhavam angustiados pelo medo de sofrer.
A felicidade é amor, só isto.
Feliz é quem sabe amar.
Feliz é quem pode amar muito.
Mas amar e desejar não é a mesma coisa.
O amor é o desejo que atingiu a sabedoria.
O amor não quer possuir.
O amor quer somente AMAR "

Herman Hesse


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Zana às 03:26

Teu Silêncio

Quinta-feira, 26.08.04

Mavi Lamas

Dói este silêncio
Nele escuto passos, vozes
Nos corredores, salas vazias...

Me assusta este calar...
Tento olhar os caminhos da memória
De minhas recentes lembranças

Minhas noites se resumem,
Em dúvidas
E renovadas esperanças...
Os sonhos se multiplicam

E nesse silêncio dolorido
Onde te aguardo triste e sentida,
O telefone não toca,

Continuo te esperando
Apesar dos enganos,

Se eu pudesse,
Não deixaria ires embora
Não haveria caminhos distantes,
Nem existiria a dor e a espera,

Só ficaria a certeza do amor
O quanto foi grande e importante
O meu amor por ti.

Pobre de quem nunca amou...
Não pode saber
Do desejo que consome
Pelo que ainda não aconteceu...

Desconhecem o sabor
Do beijo prometido
De braços estendidos
Ou abraços imaginados...

Será que o amor precisa
De tato, visão, cheiro?
Quem nunca amou
Não pode compreender...

Somente agora, escrevendo
Estes versos que fiz para louvar-te
Deve ser esta a voz que te chama
"Em tudo posso ver-te
E posso amar-te..."

Por teres ido fica mais sombria
Minha vida onde plantaste
O nosso dia...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Zana às 03:19

"Falou..."

Quinta-feira, 26.08.04
falou2.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Agosto 2004

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

arquivos

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2006
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2005
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2004
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D







subscrever feeds